0209Últimas Notícias

Faltou liga ao nosso grupo, diz Dr. André Marques em entrevista ao Catu Notícias

O médico e vice-prefeito de Catu, Dr. André Marques, foi o entrevistado do Jornal do Catu Notícias da última terça-feira (24). Essa foi a primeira entrevista de André após a derrota nas eleições do dia 15 deste mês. O vice-prefeito começou a entrevista agradecendo pelos mais de 13 mil votos recebidos nas urnas.

O jornalista abriu a entrevista perguntando para André qual seria o seu sentimento após o resultado das últimas eleições e ele disse: “não existe sentimento de dor ou de culpa, sou o mesmo de sempre, não é porque perdi as eleições que vou mudar o meu modo de ser. Tenho respeito pela população e tenho certeza que a população me respeita também. Nunca vou deixar de tratar todos bem, seja antes, durante ou depois das eleições”.

Faltou liga ao nosso grupo

Um dos pontos fortes da entrevista foi quando o jornalista perguntou a que ele creditava a derrota no último dia 15 e ele respondeu: “Olha Ciro, eu montei o maior grupo de candidatos a vereador, da história de Catu, apoiando um candidato a prefeito e tudo de forma democrática, porém, FALTOU LIGA, faltou coesão. Trabalhei sempre pela unidade do nosso grupo, coisa que a oposição não tinha, era uma oposição dividida, porém, ao longo da campanha eles começaram a unir forças e o nosso grupo ficou naquela de já ganhou e isso foi outra coisa que nos prejudicou muito, não pode existir numa campanha eleitoral aquela coisa de já ganhou, isso não existe”.

Participação de Gera

Foi uma participação muito boa de Gera, ele sempre colou com a gente nas reuniões, carreatas, ele esteve sempre nos apoiando no que foi preciso.

Campanha à distância

O nosso modelo de campanha também nos prejudicou muito, porém, eu como médico de forma alguma poderia optar por outro tipo de campanha que viesse a colocar a saúde do povo em risco, então, a questão do adversário usar os slogan pé no chão, no meio do povo e o fato de a gente fazer a nossa campanha a distância e dentro de carros o ajudou bastante e, com isso, deixamos a impressão para o povo de que estávamos nos achando de mais e ai já sabemos o resultado. Porém, como profissional de saúde, eu não me arrependo de ter optado por esse formato de campanha.

Aliança com o grupo do Barão

O jornalista Ciro Marques perguntou se ele se arrepende das alianças feitas com o grupo do Barão, já que sempre o criticava e, inclusive, sempre negou que viesse a fazer essas alianças no futuro e ele respondeu: “não houve alianças, eu conheço o Barão, mas não tenho relação política nenhuma com ele. Na verdade o que fizemos foi um acordo político não como o Barão e sim com Gera. Eu retribuo a gentileza que Gera me fez há seis anos quando me convidou pra ser vice na chapa dele. Então, eu deixei que Gera indicasse o vice. Eu não sabia quem seria o vice indicado por ele, eu não sabia que seria o Marcelo, porém, quando soube, eu não fiz obstrução, pois a vaga do vice era da escolha de Gera. Não houve nenhum sentar com o Barão, não houve ligação, não houve reunião, a decisão do vice foi exclusivamente de Gera”.

Momento em que percebeu que havia perdido as eleições

No final da tarde, rapaz bateu aquela coisa: “poxa não deu!”. Sentir um aperto no corão, uma angustia, coisa diferente das eleições de 2016. Então foi isso.

A entrevista completa está disponível, em vídeo, no facebook do Catu Notícias. Vai lá e confira.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo